quarta-feira, novembro 16, 2005

uscriptus

tive uma vontade fortíssima de deixar aqui o meu melhor texto. um texto assim crescente. crescente. oportuno. claríssimo e destrutivamente construtivo. um texto sulfúrico que atacasse o tema bem pelas suas fundações e depois lhe agarrasse as vértebras torcendo-as e dando-lhes uma nova configuração.
tinha o texto acabadinho de aprontar.
tive esta vontade fortíssima de deixar aqui o meu melhor texto.
achei melhor promovê-lo a outro estado vivente e em ebulição extrema torná-lo gasoso. era um texto bom demais para deixar à consideração de um espaço tão imenso tão anónimo tão plagiador tão. tão. e tão claramente inerte.
o da vossa leitura.

e.e.

3 comentários:

filipe andrade disse...

É possível comentar neste site? O que é um comentário? É possível? O da vossa leitura! Insulto mesquinho?

Ortensa casulo disse...

olha lá! Eu gosto muito de dar uma vista de olhos ao que escreves. É com muito interesse, consideração e profundissimo respeito que leio e reflito sobre o que aqui se diz e se pensa. Mas assim não pode ser! Eu aqui toda motivada e a ser insultada... não pode ser. Assim não pode ser. Também estou de acordo contigo filipe andrade. Ai meu Deus! Que texto tão inoportuno. Ora, a ver se era mesmo necessário!

James disse...

excelente post! ótimo blog. retornarei.